Câmara de Barretos aprova a Semana Municipal de Valorização da Família

Abaixo a informação que nos foi enviada pelo casal Amanda e Lincoln, coordenadores diocesanos da Pastoral Familiar em Barretos.

 

Na data de ontem (05/05/2014) foi aprovado, pela Câmara Municipal de Barretos, por unanimidade, em dois turnos de votação, o Projeto de Lei da Semana Municipal da Valorização da Família. O Projeto de Lei seguirá para sanção do Prefeito Municipal.

O Projeto de Lei da Semana Municipal da Valorização da Família, que ocorrerá do primeiro ao segundo domingo do mês de agosto, foi idealizado por nós (Lincoln e Amanda), elaborado e apresentado pela Vereadora Paula Lemos á Câmara Municipal de Barretos.

Assim, gostaríamos de dividir essa felicidade com todos vocês, por se tratar de mais uma conquista da Pastoral Familiar da Diocese de Barretos, tendo em vista que será possível levar os valores do evangelho a todas as famílias e lugares da cidade, sejam os órgãos públicos ou particulares, inclusive escolas e instituições de ensino, com o apoio e o incentivo do Poder Público, pois se tornará Lei e integrará o Calendário Oficial de Barretos a Semana Municipal da Valorização da Família.

 

Abraços.

Lincoln e Amanda

Pastoral Familiar da Diocese de Barretos.

 

Colaborou a Célia, que nos repassou a informação.

Peregrinação Diocesana Vida e Família da Pastoral Familiar de Santos (SP)

Recebemos da coordenação da Pastoral Familiar da Diocese de Santos a programação e a convocação para a 1ª Peregrinação Diocesana Vida e Família até o Santuário de Nossa Senhora do Mont Serrat, em Santos.

O evento acontecerá no dia 17/mai/2014, a partir das 14h30, no pé da subida do Mont Serrat.

Abaixo a mensagem da equipe.

Pedimos a todos ajuda para divulgação nas Paróquias da nossa Diocese (Padres, Religiosas, Diáconos e os povos) participar da 1º  Peregrinação e Solene Missa no Monte Serrat, no dia 17, sábado de maio próximo. Os Padres e Diáconos com Estola branca e os povos com camisa branca.

No dia 17, sábado.

14:30 Concentração ao pé do Monte Serrat.

15:00 Peregrinação das Famílias ao Monte Serrat.

16:00 Solene Missa concelebrada com Bispo Diocesano e os Padres pelas Famílias da nossa Diocese

 

Pe. João Chungath
Assessor Eclesiástico
Jussara e Genilson Santos
Casal Coordenador da Pastoral Familiar Diocese de Santos

\"10309057_763582600348815_6805811158518372952_n\"

Pastoral Familiar da Diocese de São José dos Campos realizou encontro de formação

\"Formação

O Setor de Formação da Comissão Diocesana da Pastoral Familiar realizou neste Domingo dia 27 de abril de 2014, mais um encontro da sua Formação Sistemática de Agentes. Com o objetivo de adequar-se ao modelo do NUFESP – Núcleo de Formação e Espiritualidade da Pastoral Familiar do Regional Sul 1, a Comissão Diocesana optou por aumentar de três para quatro o número total de encontros, chamados de fases. Neste Domingo no Campus Urbanova da UNIVAP – Universidade do Vale do Paraíba, cerca de 300 agentes, entre participantes da formação e equipe de trabalho, vindos das sete Regiões Pastorais da Diocese, reuniram-se para a realização de mais um encontro da terceira fase e pela primeira vez, para o encontro da quarta fase, este último reservado para os agentes que já cumpriram as três fases anteriores.

O auditório da Univap comporta 600 agentes, mas como não há espaço para o serviço de refeições que comporte mais que 300 pessoas, a participação de agentes foi restringida para 100 em cada fase. Considerando que já temos cerca de 2200 agentes que completaram a terceira fase e agora começam a buscar a quarta, optou-se por facilitar a participação destes. Assim, tivemos efetivamente a participação de 220 agentes na quarta fase e restringiu-se para 70 agentes o limite para a terceira.

\"Participantes

O encontro iniciou-se com a celebração da Santa Missa, presidida pelo Pe. Rinaldo Roberto de Rezende, assessor eclesiástico da Comissão Diocesana, seguiu-se um café e a divisão das turmas. Os tema abordados com a turma da terceira fase foram: “Noções de direito matrimonial canônico”, “Moral e Sexualidade” e “Teoria da comunicação”, e com a turma da quarta fase: “Planejamento natural da família – como o apoio do CEMPLAFAN-SJC”, “Espiritualidade do agente – fundamentado na Exortação Apostólica Evangelii gaudium” e “Bioética”.

A Comissão Diocesana da Pastoral Familiar agradece à UNIVAP, pela sempre gentil concessão dos auditórios e dos equipamentos de áudio e vídeo do Campus Urbanova.

De São José dos Campos, Adelice e Sérgio Luiz Cezaretto, casal coordenador do Setor de Formação de Agentes da Comissão Diocesana da Pastoral Familiar.

 

Acesse e vote \”SIM\”

\"Votação\"

É só uma enquete? Sim. Mas tenha em mente que as enquetes também servem como termômetro para colher a opinião da maioria. A pergunta é:

\”Você concorda com a definição de família como núcleo formado a partir da união entre homem e mulher, prevista no projeto que cria o Estatuto da Família?\”

Claro que, sem discriminar quem não tem uma família formada por pai + mãe + filhos, o modelo de família ainda é esse. Ninguém deseja, no fundo de seu coração, ser família incompleta ou diferente do modelo. Existem realidades familiares que precisam ser acolhidas e trabalhadas pela sociedade, pelas escolas, pelos meios de comunicação etc., mas a existência das diversas realidades familiares não extingue ou acaba com a definição de família tal e qual existe há milênios.

Precisamos distinguir bem as coisas. Não é porque a definição de modelo de família como sendo pai + mãe + filhos está em um estatuto que as realidades familiares serão discriminadas ou deixarão de existir. É preciso ter referência e ela é o modelo. Acesse e vote no \”sim\”. Na imagem uma parcial de hoje, 29/04/2014, às 14h, onde o sim ganha, mas é preciso continuar votando \”SIM\”.

O link:
http://www2.camara.leg.br/agencia-app/votarEnquete/enquete/101CE64E-8EC3-436C-BB4A-457EBC94DF4E

Feliz Páscoa!

\"Feliz

 

\”O anjo disse às mulheres: \’Não tenham medo! Porque eu sei que estão procurando Jesus, o Crucificado. Ele não está aqui, pois ressuscitou, como havia dito. Venham ver o lugar onde ele estava. E vão depressa dizer aos seus discípulos: Ele ressuscitou dos mortos! Eis que ele caminha à frente de vocês para a Galileia. Aí vocês o verão. É o que tenho a lhes dizer.\”

(Mt 28,5-7)

6a Peregrinação Nacional da Família e 4o Simpósio em Aparecida

\"Cartaz

Iniciada em 2009 com o nome de Peregrinação Nacional em Favor da Família, a reunião de fiéis em Aparecida (SP) para refletir e rezar pelas famílias do Brasil e do mundo, chega à sua sexta edição. Naquele já longínquo ano não tivemos um simpósio, mas uma catequese familiar conduzida por dom João Carlos Petrini, na época um dos conselheiros da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e Família, hoje presidente da mesma. Tudo começou no XII Congresso Nacional da Pastoral Familiar realizado no Rio de Janeiro, em 2008, quando dom Orlando Brandes, arcebispo de Londrina e então presidente da Comissão, anunciou um evento que mostraria a presença e a força da família brasileira, em um encontro que, com o tempo, viria a tornar-se uma tradição. A motivação do prelado era o Dia Internacional da Família, criado pela ONU em 1994, e comemorado no dia 15 de maio.

Na primeira edição tivemos cerca de 20 mil pessoas que se somaram aos fiéis que sempre estão presentes no Santuário Nacional, alcançando juntos a marca de 120 mil pessoas em visita à Aparecida naquele domingo, há cinco anos atrás.

Ano após ano, a peregrinação foi assumindo formas quase diferentes para reunir não somente a Pastoral Familiar, mas todos os movimentos, associações, serviços e demais grupos da Igreja Católica e da sociedade ligados à família e ao resgate de seus valores básicos – fé, educação cristã e verdadeiramente cidadã, fraternidade, solidariedade, caridade, justiça, paz, entre outros – e a defesa da vida que tem na família seu berço mais adequado e sua defesa mais legítima.

Neste ano de 2014, mais uma vez a Comissão Nacional da Pastoral Familiar organiza o encontro de fé e de formação – uma catequese para a família – com o tema “Família: caminhar com a luz de Cristo e a sabedoria do Evangelho”.

Dom Petrini disse ao site da CNBB que a Peregrinação “É um momento muito importante, não somente para rezar e apresentar as necessidades das nossas famílias à Virgem Maria, mas também para refletir e aprofundar sobre a nossa caminhada e perceber como a luz de Cristo pode iluminar a nossa realidade cotidiana de vida em família”. Ele ainda destacou que acredita, diante dos desafios da vida em família, “ser uma ilusão viver sem Deus”.

Com o tema deste ano, a CEPVF e a CNPF desejam levar aos participantes uma reflexão sobre a vivência da espiritualidade em família, tendo como referências a luz de Cristo e o Evangelho. “Não podemos viver somente com aquilo que nos oferecem. Precisamos de um ponto de referência maior, para sermos permanentemente alimentados na capacidade de amor, de doação e serviço recíproco no interior da família e na sociedade”, enfatiza dom Petrini.

Entre os conferencistas convidados estão o bispo de Palmas-Francisco Beltrão (PR) e doutor em Ciências Bíblicas, dom José Antônio Peruzzo. Ele falará sobre a espiritualidade da família. Foi convidada também a poetisa Adélia Prado, que dará seu testemunho sobre a vida em família.

Como nos anos anteriores, teremos uma missa televisionada pela TV Aparecida no domingo, 25/mai. Será a celebração das 8h, no Santuário Nacional. Está prevista também a apresentação da orquestra de jovens do Santuário durante o 4º simpósio.

Assembleia da Pastoral Familiar do Regional Sul-1 reune as 8 Sub-regioes do Estado

\"Dom

Acontecida no dia 08/mar/2014, no Auditório Paulo Apóstolo, na Central Paulinas, em São Paulo, a 3ª Assembleia da Pastoral Familiar do Regional Sul-1 reuniu coordenações das dioceses das oito Sub-regiões do Estado de São Paulo. 150 pessoas entre leigos e padres assessores atenderam à convocação para a participação no evento.

O objetivo desse encontro foi avaliar a caminhada feita pelas dioceses no último ano de 2013, com referência aos objetivos fixados na assembleia do ano passado. Houve muitos avanços, principalmente no Setor Pré-matrimonial, onde a preparação para o sacramento do Matrimônio foi o foco da ação das equipes por todo o Estado. A implantação e divulgação do Guia de preparação para a vida matrimonial é uma prioridade para que o sacramento seja recebido com mais consciência pelos jovens casais.

Estiveram presentes dom Emílio Pignoli, bispo referencial da pastoral no Regional Sul-1, pe. Claudio Delfino, assessor da Pastoral Familiar do Regional, irmã Ivonete Kurten, FSP, também assessora da Pastoral Familiar no Regional Sul-1, que se despediu dos agentes do Estado de São Paulo para trabalhar em Recife (PE). Ela apresentou ir. Ninfa Becker, também Paulina, que dispôs-se a participar acompanhando a Pastoral em nível Regional.

Fez-se presente o cardeal dom Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, que fez uma breve apresentação sobre os trabalhos para o Sínodo Extraordinário dos Bispos e a seguir presidiu a santa missa de encerramento do evento.

Os agentes assumiram o compromisso de dar continuidade aos trabalhos assumidos e trazerem os resultados para a assembleia de 2015.

 

O ceu ganha mais uma estrela!

Faleceu ontem, às 15h, a senhora Alice Fança Abrahão, mãe do nosso querido amigo João Abrahão, fiel agente da Pastoral Familiar da Região Episcopal Santana, da Arquidiocese de São Paulo. Ele e a esposa Zuleica trabalham com os encontros do Bom Pastor e são membros do NUFESP do Regional Sul-1.

Ele agradece a oração de todos e avisa que o velório está acontecendo no Cemitério do Brás ou da Quarta Parada, como é conhecido, na Av. Salim Farah Maluf. O sepultamento acontecerá hoje, às 13h, no mesmo cemitério.

Enviamos nossas condolências ao querido João Abrahão e à sua esposa Zuleica. Nosso DEUS é o DEUS dos vivos, logo, todos aqueles que adormecem em sua amizade e na sua graça, não morre, mas vive eternamente com ELE. Rezamos e pedimos a oração de todos para que sejam consolado o coração saudoso daqueles que ficam aguardando o dia do Grande Encontro.